Notícia 3

5 erros que os vendedores da sua loja de carros NÃO devem cometer

Para ter sucesso nas vendas de veículos, é necessário se tornar um vendedor diferenciado. Infelizmente, não é assim que a maioria dos profissionais quer ser visto. Para alguns, ser um vendedor mediano já está de bom tamanho. Essa postura conformista pode fazer com que eles cometam erros absurdos, que fazem qualquer cliente desistir de vez da compra.

O vendedor de hoje é um gestor de relacionamento, é ele que dá a cara da loja de veículos — afinal de contas, é ele que faz o primeiro contato com o cliente. Para se destacar e ser um vendedor moderno, você precisa se livrar de alguns erros básicos que podem atrapalhar suas vendas. Confira alguns desses erros de vendedores em lojas de carros:

Não ter cuidado na abordagem

Quem dera se a cada 10 abordagens a clientes, 10 se transformassem em venda. Mas a realidade não é essa e, muitas vezes, a culpa pode ser do próprio vendedor. Pode ser que a venda não seja imediata, mas se a abordagem for feita corretamente, você terá encontrado um futuro cliente.

Ser cordial é obrigação de todo vendedor. Seja paciente e espere o cliente entrar na loja de veículos para ser abordado. Fique atento, mas de espaço a ele: deixe-o conhecer o ambiente e apreciar alguns veículos. Quando ele estiver pronto para ser abordado, ele dará o sinal de interesse, e é nesse momento que você deve se aproximar e oferecer a sua ajuda.

Outro ponto muito importante: não prejulgue um cliente por sua aparência, modo de vestir ou de falar. Ser atencioso ao que ele fala e saber ouvir os desejos do cliente é essencial para o sucesso da venda.